domingo, 23 de agosto de 2009

sobre pensar

Eu não quero pensar no que virá: quero pensar no que é agora. No que está sendo. Pensar no que ainda não veio é fugir, buscar apoio em coisas externas a mim, que cuja consistência não posso duvidar porque não a conheço. Até pensar no que está sendo, ou o que antes era, também não. Pensar é ainda fuga: aprender subjetivamente a realidade de maneira a não se assustar. Entrar nela significa viver.

2 comentários:

  1. Não foge menina, não foge por favor!


    Pega isso que tem nas mãos e agarra, não larga! Pára com a mania de estragar tudo que tem!
    Você tem que aprender a ser feliz!


    Seja.

    ResponderExcluir
  2. faz sentido...rs.
    pensar às vezes é só um meio de arranjar motivos...pra um lado outro, apenas justificativas.
    por isso q ensinam a debater escolhendo um grupo pra um lado e outro pra outro, pois a verdade é desinteressante, o interessante é comprovar estar certo, independentemente do q se defende. tô certo? rs

    ResponderExcluir