sexta-feira, 30 de outubro de 2009

não-domesticado

E você despe suas roupas sujas, se lava com água fria e não encontra pedaço de pano que te seque.

Então, enquanto treme sozinho no escuro se lembra de todas as cores que já conheceu na vida, e de como todas elas fugiram como os ratos fogem dos gatos.

Depois, enquanto chora, percebe que as cores são, na verdade, as pessoas, e que mesmo em dois mil anos, elas não teriam fugido se você não as tivesse espantado.


Como um gato.

4 comentários: