segunda-feira, 2 de novembro de 2009

despertar

É fácil se acomodar na rotina, oscilando entre sentimentos mornos. Mas ao sonharmos, somos assaltados pelo incomum. As mensagens estão devidamente escondidas em cenas ridículas, grotescas, banais ou engraçadas, mas o sentimento vem cru e indigesto.

Ao acordar, soando frio, inquieto, você faz o que há de mais normal: procura algo familiar, que não te deixe sozinho no escuro e no silêncio, atormentado pelas sensações oníricas, enquanto as imagens se dissipam devagar na consciência. Mas você acordou na hora em que o resto do seu mundo já foi dormir - e agora?

 
 
Me tira daqui.

3 comentários:

  1. eu não acho fácil me acomodar na rotina, na verdade acho o mais difícil... fugir da rotina é difícil, mas não que não conseguir fugir é se acomodar... pra mim é como uma prisão, que mesmo que desista de fugir não quer dizer que gosta de estar ali.

    ResponderExcluir