sexta-feira, 28 de março de 2008

Pensando bem...

Eu me apaixonei por uma nuca, e a noite fica difícil dormir com o meu travesseiro só falando sobre você. Eu me apaixonei por uma mão, e se você me der seus sentimentos, eu prometo apertá-los forte contra os dedos e nunca mais soltá-los; apesar de que o futuro não me atrai quando eu sei que você é o meu presente. Eu me apaixonei por um olhar, e o que eu mais gosto é de me ver perdida dentro do espelho redondo e castanho que fica no seu rosto. Eu me apaixonei por uma boca, e a minha música favorita se transformou nessa sua voz de menino. Eu me apaixonei por um nariz, e nem Paris poderia encontrar perfume tão doce quanto o seu cheiro. Eu me apaixonei por um cabelo, que tem a cor dos seus olhos brilhantes e é o mundo feito para os meus dedos. Eu me apaixonei por um pé, vezes vestido de grandes grifes, sempre compassado com o meu allstar velho. Eu me apaixonei por uma orelha, e se fez tão bom falar qualquer coisa, assim, só para você me escutar. Eu me apaixonei por um braço fino, e eu não consigo te largar quando o seu abraço é o mais confortável. Eu me apaixonei por um pôr-do-sol, às quatro da tarde, de mochila, que me confunde o seu jeito fofo com a sua criatividade. Eu me apaixonei por um cadarço, que só desamarrou para você se abaixar e amarrar para mim. Eu me apaixonei por um peito, e eu adoro ouvir as histórias que o seu coração conta no meu ouvido. Eu me apaixonei por um sorriso, e os meus dentes querem te morder o pescoço, sim, por quem eu também me apaixonei. Às vezes, eu acho mesmo é que eu me apaixonei por você.



(Dois meses). =)

Um comentário:

  1. Oi, Amanda, tudo bom?
    Vi seu tópico na comunidade do Blogger. Então, acho que tenho alguma coisa pra colaborar com seu trabalho sobre os escritores de blog.

    Fiz uma série especial no meu blog sobre blogueiros e comecei a postá-la hoje. Serão 13 posts tratando das mais variadas questões sobre os blogs, como visão de marketing e monetização.

    Depois dá uma olhada! Um abraço.

    ResponderExcluir