sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Sabotagem

Eu sei que você pediu para que eu aguentasse mais um pouco, e é o que estou tentando fazer. Estou te segurando da melhor forma que consigo. O problema é que eu passei a ser mais sincera comigo do que com você. Mas isso era para ser uma coisa boa, né? Nesse tempo todo, o seu egoísmo se tratava de nós dois. Mas o meu não. O meu egoísmo se trata apenas de mim. E agora vendo sua mão, esticada para mim, como quem estica uma vida de planos, uma vida de melodia calma. Olha, fica bem difícil sair e abraçar o mundo, o meu mundo que me espera fora do que somos agora. Eu mentiria se não dissesse que às vezes, ele é tudo o que eu quero. Quanto mais eu me prendo na mesma coisa, mais as coisas mudam. Devo estar me sabotando. É, eu não duvido disso.

2 comentários:

  1. Ow moça,
    a mudança sempre vem né?
    o querer mais, o querer diferente sempre bate na porta e temos que escolher em aceitar ou não.

    To auqi na torcida pra que aí fique tudo bem.. ;)
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Sabe, eu gosto de mudanças, mas sempre que a mudança envolve os sentimentos de outra pessoa, eu fico com medo e eu odeio sentir medo.
    Gostei do seu blog, passa lá no meu depois, beijos.

    ResponderExcluir