domingo, 7 de junho de 2009

um parágrafo

Quando fogem as palavras da boca e os sinônimos não dão conta do significado verdadeiro; na falta de coragem, ou de voz; na ausência física, na ausência de destreza no improviso - ainda sobram as letras. A diferença está no poder de planejar, na estratégia de colocar as palavras certas na sua ordem favorita. É como medir a reação dos outros e determinar o que seus olhos poderão ler. Escrever é como filtrar idéias.

Um comentário:

  1. é, você tem o dom de descrever as sutilezas e os pesos de uma pessoa em palavras simples e encaixadas.



    eu não. haha

    ResponderExcluir