quinta-feira, 21 de maio de 2009

você me suga

Estes olhos frios, pretos se olham no espelho. Olhos sujos, olhos pesados de tanto cansaço. Tanto cansaço que fizeram questão de ter. Mas esses olhos brilham, e não querem se fechar jamais longe dos seus, não querem jamais que não seja pra suspirar lentamente. Os meus olhos hoje, já tão marcados pela vivência, só queriam mesmo não ter que esconder o caos que se faz por trás deles. Por trás de olhos distantes se esconde o que ninguém poderia ver nem de perto. Quando quiseram falar, estes olhos só puderam calar, quando quiseram ouvir, estes olhos só tiveram silêncio, estes olhos só souberam chorar. Agora que estes olhos só anseiam, só anseiam te ver.

2 comentários:

  1. Anônimo disse...
    você ja leu www.exprimitorio.blogspot.com ?



    você?

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir